/* Google Analytics */ /* Google Analytics */

sábado, março 21, 2009

No blog PALAVRAS APENAS, uma bela resposta a uma católica pretensiosa

São Paulo discursa no Areópago


Fabricio Lombardi, do blog "Palavras Apenas", deu uma fantástica resposta a uma católica pretensiosa. Pretensiosa porque ela acha que pode conciliar catolicismo com ser favorável ao aborto; pretensiosa porque ela acha que pode conciliar catolicismo sem o necessário respeito aos bispos, que são sucessores dos apóstolos.

"Ébete Nuñez", o nome fictício utilizado por Fabricio para caracterizar esta senhora "catolicíssima", utiliza seu tempo para enviar mensagens aos quatro cantos cujo conteúdo são sempre mensagens contra a Igreja, contra o Papa e contra religiosos e fiéis ortodoxos. Este é um exemplo clássico de gente que espalha ao invés de ajuntar, exatamente como nos alertou Nosso Senhor Jesus Cristo.

É um catolicismo pretensioso porque quer ser parâmetro de uma nova forma de ser Igreja, mas que, na verdade, é uma forma que já nasce caduca, pois busca corroer os alicerces da única Igreja fundada por Nosso Senhor, exatamente como fazem os inimigos. E esta forma caduca, que chega ao absurdo de negar verdades colocadas no Catecismo e explicitadas pelo Magistério ao longo dos séculos, e de ser favorável ao aborto e outros disparates mais, é o resultado de um coração duro, que se mostra incapaz de se abrir aos ensinamentos até mesmo dos Papas, que foram colocados em tal posição não pela vontade de homens, mas pela atuação do Espírito Santo.

Dou parabéns ao amigo Fabricio, a quem admiro cada vez mais e a quem agradeço, assim como toda a Igreja, porque ele se dispõe a lutar o bom combate contra os inimigos da Santa Igreja. Inimigos estes que, se cá entre nós não procuram da espada para derramar nosso sangue, utilizam da calúnia, da difamação e de baixas insinuações, que atingem até mesmo a figura de um bispo exemplar, como é D. José Cardoso Sobrinho.

Não deixem de ler: Catolicismo pretensioso.

2 comentários:

Fabrício L. Ribeiro disse...

Obrigado pelo apoio, meu amigo. O meu mais profundo desejo era que a Sra. "Ébete" despertasse para a Verdade que a libertaria dos laços que a prendem: o laço do orgulho e da acídia.

Que Deus tenha misericórdia!

Pax et Bonum!

William Murat disse...

Esperemos em Deus, meu caro!

Ele chama, mas não impõe. Basta um coração aberto à Verdade!

[]´s