/* Google Analytics */ /* Google Analytics */

sábado, março 14, 2009

Bill Clinton sobre células-tronco: "Embriões não-fertilizados". Hein???


Os democratas norte-americanos tornaram-se a esperança da maior parte do mundo com um discurso cuidadosamente fabricado para agradar a todos. Podem enganar a muitos, mas não a todos.

Marcando presença e distanciando-se de seu antecessor, Obama, que já liberou para que entidades abortistas norte-americanas tenham financiamento do governo para que possam levar abortos para países do terceiro mundo, agora decretou também a possibilidade de utilização de verbas públicas para pesquisas com células-tronco embrinárias humanas.

Tudo em nome da ciência, não é mesmo?

Mas se este pessoal sabe distribuir grana como ninguém, não se pode dizer o mesmo sobre se eles entendem do que estão falando...

Bill Clinton, o ex-presidente norte-americano que ocupava a Casa Branca antes de George W. Bush, deu entrevista na qual afirmou -- não uma e nem duas... -- seis vezes que embriões poderiam estar "não fertilizados". Uma ou duas vezes poderíamos deixar na conta de um ligeiro deslize ou qualquer coisa do tipo. Mas SEIS vezes? Isto indica um processo mental já sedimentado, provavelmente do mesmo tipo que o levou há anos a afirmar que sexo oral não é sexo. Houve que acreditasse naquela época e deve haver quem acredite em Clinton agora.

Mas o ver o vídeo vale mais que muitas palavras:





Vale muito a pena também lermos o que o ex-presidente disse ao entrevistador.


00:28:
"(...) If it’s obvious that we’re not taking embryos that can - that under any conceivable scenario would be used for a process that would allow them to be fertilized and become little babies, and I think if it’s obvious that we’re not talking about some science fiction cloning of human beings, then I think the American people will support this…. (...)"

[(...) É óbvio que não utilizaremos embriões que possam... que sob qualquer situação imaginável seriam utilizados para um processo em que fosse permitido fertilizá-los e que se tornassem pequenos bebês. E penso também que é óbvio que não estamos falando sobre algum tipo de clonagem de seres humanos, de ficção científica. Penso que o povo norte-americano dará seu apoio a isto. (...) ]

Possibilidade de fertilizar embriões??? Senhor ex-presidente, atenção aos fatos da vida: EMBRIÕES JÁ FORAM FERTILIZADOS! É por isto que eles são embriões! É por isto que eles são o que Vossa Excelência chama de "little babies" (00:44) com uma cara que parece dizer isto com muito custo.


01:40:
"(...) he has apparently decided to leave to the relevant professional committees the definition of which frozen embryos are basically going to be discarded, because they’re not going to be fertilized. I believe the American people believe it’s a pro-life decision to use an embryo that’s frozen and never going to be fertilized for embryonic stem cell research…."

[(...) ele [o presidente] aparentemente decidiu deixar a comitês especializados a definição de quais embriões congelados deveram ser descartados, porque eles não serão fertilizados. Penso que o povo norte-americano acredita que é uma decisão pró-vida utilizar um embrião que está congelado e que jamais será fertilizado para pesquisas com células-tronco embrionárias... "
Deus do Céu! E não é que ele continua no caminho errado? E vai mais longe ainda: chama a decisão do governo democrata de "pró-vida"! Faz sentido! Para um homem que ainda não conseguiu entender que um embrião é o resultado da fertilização de um óvulo com o espermatozóide, e que por isto mesmo não existe tal coisa como um "embrião não-fertilizado", é natural que ele chame de pró-vida uma decisão que leva à destruição de embriões para pesquisas científicas.


03:16:
"(...)But there are values involved that we all feel free to discuss in all scientific research and that is the one thing I think these committees need to make clear is that they're not going to fool with any embryos where there is any possibility, even if it's somewhat remote, that they could be fertilized and become human beings."

[(...) Mas há valores envolvidos que todos nós nos sentimos livres para discutir em toda pesquisa científica e uma coisa que estes comitês necessitam deixar claro é que não irão brincar com qualquer embrião para o qual haja qualquer possibilidade, mesmo que remota, de serem fertilizados e tornarem-se seres humanos.]"
É óbvio que eles não podem ser fertilizados e, assim, tornarem-se seres humanos: eles já são SERES HUMANOS!

Bill Clinton, podemos retirar de seu discurso, demonstra barreiras conscientes ou inconscientes quanto à utilização de seres humanos em pesquisas. Por que então ele sempre foi um defensor do suposto "direito" de abortar?

É isto que temos! Um dos políticos democratas de maior relevância dos últimos anos vem a público demonstrar sua total ignorância sobre um assunto importantíssimo.

E, note-se, o entrevistador era nada mais nada menos que um médico, Dr. Gupta, que havia sido a primeira escolha de Barack Obama para o importante cargo de Cirurgião-Geral.

Dr. Gupta assistiu, passivo, a Bill Clinton desfiar besteira após besteira e não foi capaz de o corrigir uma única vez. E isto com um ex-presidente! Se fosse com o atual, a submissão seria maior ainda? Com certeza!

Em tempo: o símbolo do Partido Democrata é um jumento. Curioso...


---
Fonte: Hot Air

Nenhum comentário: