/* Google Analytics */ /* Google Analytics */

segunda-feira, agosto 31, 2009

A vida de Thomas

"Escolhe, pois, a vida"

Durante a 20a. semana de gestação de seu primeiro filho, o casal T.K. e Deidrea Laux, através de uma ultrasonografia, tomou conhecimento de que o pequenino ser era do sexo masculino.


A alegria do pai, T.K., que àquela altura já passava mensagens através do celular para todos os seus contatos sobre a grande novidade, foi interrompida pelas palavra do médico de que havia um problema com a criança. O médico então mostrou-lhes na imagem o lábio fendido do bebê.


Ambos os pais. atônitos nos primeiros instantes, reagiram à péssima notícia. Deidrea, que já havia atuado como missionária na Guatemala, acalmava-se pensando que isto era uma coisa com a qual eles podiam lidar. T.K., que tem um primo que sofre do mesmo problema e que aos 30 anos ainda passa por cirurgias corretivas, sentiu seus olhos ficarem marejados.


Mas a notícia que o médico tinha a lhes dar era pior ainda que o lábio fendido do menino. Ao ver a imagem dos rins da criança, o médico teve a certeza que o problema era mais grave.


As palavras ditas pelos médicos não saíam das cabeças de T.K.: "incompatível com a vida", "geralmente fatal", "optar pelo término da gravidez", etc. Ele pensava que já que seu bebê não sobreviveria, por que deixá-lo sofrer ou colocar sua esposa em risco?


Deidrea não conseguiu dormir naquela noite. De madrugada, ela orava: Por que isto acontecia justo com eles? Por que agora? Como eles, como casal, poderiam passar por isto sem se afastarem?


Ela então balbuciou o nome que já haviam combinado dar ao bebê se ele fosse menino: Thomas Gordon Laux.


Sentiu então em seu ventre um forte movimento. Thomas havia lhe chutado bem forte.


Ela sentiu que suas preces foram ouvidas.


***

A partir daí, a mãe e o bebê em seu ventre passaram por uma bateria de exames para que fosse detectada a gravidade da má formação. Ficou-se sabendo que o bebê era possuidor de Trissomia 13, ou Síndrome de Patau, doença congênita que leva a uma gama de problemas neurológicos, cardíacos e renais, além do palato e lábios fendidos e outras má formações.


Grave e rara, este tipo de Trissomia geralmente leva a uma curta vida após o nascimento, de horas ou dias, embora haja casos na literatura médica de até 10 anos.


Os vídeos que vão abaixo mostram a jornada da família Laux desde o nascimento do pequeno Thomas Gordon. O menino foi para casa junto com seus pais, já completamente cientes de sua grave condição. Mesmo falado em Inglês, os vídeos mostram uma linguagem universal, pois fala direto ao coração de cada um de nós.


Cada pequeno momento e cada diminuto gesto de Thomas foi uma benção para T.K. e Deidrea. O carinho dos pais de Thomas com seu pequeno filho possuidor de uma gravíssima deficiência é arrebatador, é o que nos dá certeza de que o amor sempre vence.


Nascido no dia 29 de junho de 2009, Thomas Gordon Laux faleceu 5 dias após, exatamente no dia 4 de julho de 2009. Esteve entre nós durante 5 dias. Ele faleceu ao lado de seus pais.


Aos que pensam que o casal Laux passou por um sofrimento desnecessário, apenas duas entradas do diário de Deidrea podem mostrar o quanto vai errado tal pensamento:

============

29 de junho de 2009 - 21:10

Meu precioso bebê:


Eu não escrevi a você tanto quanto eu havia planejado porque é sempre a mesma história que tenho para contar: estou te amando e já sentindo tua falta.


Mas hoje quero escrever a você uma nova história: uma celebração. Você chegou a este mundo às 08:03. E tantos sonhos meus já foram realizados nestas últimas 13 horas.


-- Eu te ouvi chorar


-- Você mamou em meu peito


-- Nós te demos um banho


-- Eu beijei seu pezinho cheio de dobrinhas


-- Eu olhei sua linda face


=========
================

03 de julho de 2009 - 09:09


Feliz 4o. dia de vida, garotão!


Quase não chegamos a este dia. Noite passada você parou de respirar pelo que pareceu uma eternidade. Provavelmente mais do que 5 minutos. Mas você voltou para nós. Creio que você ainda não estava pronto para dizer adeus. Isto foi bom, pois nós também não estávamos prontos. Estamos fazendo o melhor para te manter confortável. A casa está em paz e você está descansando nos braços de papai enquanto ele conta a você histórias sobre amadurecimento. Há até histórias que eu nunca ouvi. Ele te levou até a garagem nesta manhã para te mostrar as ferramentas e, quando ele abriu a porta da garagem, você ouviu o latido de um cão pela primeira vez. Mais tarde, ele te levou para uma caminhada pela rua. Havia um homem passeando com um collie e quando eu olhei pela janela vi seu papai te apresentando a um cachorro pela primeira vez.


Você é tão amado e nós somos tão abençoados. Temos que nos despedir embora não desejemos que você se vá ainda. Amamos tanto a você e te queremos perfeito e em paz, e é assim que você estará quando você dormir e acordar nos braços de Jesus.


============

Deidrea Laux assim resumiu o que a curta vida de seu filho lhe ensinou:

- O quanto somos amados


- O quanto é importante a família, os amigos, a religião


- Viver um dia por vez


- Nossa capacidade para amar


- Deu-nos coragem


- Que super-heróis não estão apenas nas revistas


- Fortaleceu nossa família


- Deus cuida dos detalhes de nossas vidas


- Não é a quantidade de dias que conta, é a qualidade


- Deus ainda está fazendo milagres


T.K. e Deidrea Laux poderiam, como muitos podem pensar, enxergar apenas o sofrimento, mas não foi assim. Ao optar pela vida, pelo milagre da vida, eles e seu filho Thomas, nos ensinaram que sofrimento só se supera com amor, com a família, com Deus.


E eles nos ensinaram, principalmente, uma coisa que insistimos em esquecer nos inúmeros afazeres de nosso dia-a-dia: que grande milagre é nossa vida!


---------
Fontes: Dallas News - Choosing Thomas




A vida de Thomas - Parte 1



A vida de Thomas - Parte 2



A vida de Thomas - Parte 3



2 comentários:

Fabrício L. disse...

Estou sem palavras, meu amigo. Obrigado por compartilhar. Uma pena que testemunhos amorosos, exemplos de família como estes, não sejam veiculados em rede nacional.

Paz e Bem!

Jesus meu verdadeiro amigo disse...

Naum estou conseguindo conter as lágrimas ,historia linda de amor verdadeiro agora é que vou dar ,mais tempo para meus filhos presentes de Deus.