/* Google Analytics */ /* Google Analytics */

quinta-feira, abril 07, 2011

Amor sem limites - O testemunho de Edivaine Cristina

Edivaine Cristina
Grávida, Edivaine Cristina -- "Edi" para os mais próximos --, soube do diagnóstico de câncer e seus médicos, querendo submetê-la a fortes sessões de quimioterapia para pôr fim à doença, a aconselharam a abortar a criança em seu ventre.

Edivaine rejeitou tal conselho e insistiu na gravidez, decidindo adiar as sessões de quimioterapia, mesmo ciente de que sua vida estaria em risco quanto mais adiasse o tratamento. Chamada de louca pelos médicos, Edivaine tirou forças de onde só uma mãe sabe tirar e levou a gravidez até o fim.

Os médicos, que pensavam que Edivaine já estava perdida sem as sessões de quimioterapia, concentraram seus esforços na criança em gestação. Edivaine tinha consciência de tudo isto. Durante o parto, os médicos, totalmente sem esperanças, esperavam a morte da amorosa mãe durante o procedimento, tendo até mesmo avisado ao esposo e ao irmão de Edivaine que nada mais poderia ser feito.

Mas Deus tinha outros planos... O menino Milan Gabriel nasceu no dia 21 de fevereiro de 2010 após uma gestação de 7 meses. Edivaine quase morreu durante o parto, como era esperado, mas milagrosamente voltou a respirar quando, a pedido do pai do bebê, puseram Milan Gabriel em seu colo.

Milan Gabriel
Após isto, Edivaine fez as sessões de quimioterapia e, Graças a Deus!, passou bem o primeiro ano de vida de seu amado filho, conseguindo até mesmo preparar a tradicional festinha, mas foi internada apenas alguns dias antes. Agora, a doença voltou mais forte e Edivaine segue lutando por sua vida, sempre com a força que lhe vem dos Céus.

E seu lindo filho vai crescendo... Um dia, ele, como todo filho, saberá com o intelecto o que já sabe com o coração: que nossas mães são Graças que o Senhor Deus nos dá. E ele saberá também que sua mãe Edivaine é uma Graça toda especial não somente para ele, mas para todos nós que podemos testemunhar sua batalha pela vida, principalmente pela vida de seu filhinho.

Sua prima Rosana, que foi quem me forneceu este testemunho, pede orações:
"Peço oração, principalmente a intecessão de Maria, Nossa Mãe, pois eu creio que Nossa Mãe e Santa Gianna estão intecedendo, porque pedi a Santa Gianna no dia do nascimento do Milan Gabriel e deu tudo certo até agora. Ela está viva, lutando e é um testemunho que não se pode ceder a diagnósticos médicos, mas sim fazer a vontade de Deus, que é o dono do sopro da vida, e a última palavra está com Ele."
Rezemos muito por Edivaine e por sua família. Que o Senhor Deus lhes dê forças e dê também a cura à corajosa Edivaine, que demonstrou com atos uma coisa que todos sabemos: amor de mãe não tem medida.

Que Nossa Senhora e Santa Gianna intercedam por esta mãe exemplar que é Edivaine.


Um comentário:

rosana disse...

obrigada meu irmão, ela segue , valente, e clamando misericórdia e pede oração, o milan gabriel é só alegria, Deus seja louvado. ass. Rosana Penedo Farias da Silva, testemunha de tudo isso.