/* Google Analytics */ /* Google Analytics */

quarta-feira, abril 29, 2009

Isto não é debate... É abate!

12 comentários ###

Meu amigo Matheus Cajaíba, do excelente blog Jornada Cristã, envolveu-se em um interessante debate sobre o aborto de bebês anencéfalos.

Bem... Não foi bem um debate, mais pareceu um abate, pois seu oponente ("sparring"?) apenas conseguiu produzir um emaranhado de clichês anti-religiosos e anti-católicos, como já é costumeiro.

Melhor do que eu ficar aqui tentando explicar como Matheus acabou com seu oponente, é muito mais proveitoso destacar alguns trechos em que ele mostra claramente como colocar um abortista em seu lugar.

Os abortistas podem querer posar de humanistas, de racionais, de solidários, mas, ao final, após ser dado apenas um pouco de corda, sempre se mostram um amontoado de clichês, de preconceitos, de arrogantes que têm na morte de crianças inocentes a solução mirabolante para os problemas do mundo.

Na verdade, o "remédio" do aborto tem outro nome: covardia. E é esta covardia que Matheus combateu muito bem.

Seguem alguns pequenos trechos em destaque. Recomendo a leitura de todo o debate.
***
"(...) Os nazistas promoviam a eugenia por motivos racistas; você apoia a eugenia por motivos supostamente humanitários. A vida de um anencéfalo para você não tem valor; para os nazistas, muito menos! E a comparação é estúpida? Eu não duvido que você tenha boas intenções ao apoiar o aborto de anencéfalos pelas razões que você considera lícitas; o problema, que você não quer enxergar, é que os fins não justificam os meios. A defesa da vida deve ser feita de forma instransigente - a defesa da sua vida, da vida de todos os sujeitos, a vida inclusive daqueles que não nasceram. Você defende o mesmo procedimento que os nazistas aplicavam (a morte de pessoas consideradas inválidas) baseando-se no mesmo princípio: a vida de alguns vale menos que a vida de outros."
"(...) dizer que os ministros do STF estão muito “preocupados com a vida” é de uma ingenuidade ímpar (estou sendo bondoso agora). O interesse nessa história toda é abrir uma brecha na legislação para posteriormente empurrar a legalização total e irrestrita do aborto goela abaixo da população brasileira através do poder judiciário - tal como aconteceu nos Estados Unidos no infame caso “Roe vs. Wade”. Isso é preocupação com a vida? Deve ser com a “vida boa” dos donos de clínicas de aborto, os grandes financiadores da campanha mundial pela sua legalização."
"(...) Ao negar o direito à vida a um anencéfalo, está-se negando o direito à vida a um ser humano por motivos utilitaristas. O fato de o bebê teoricamente não sobreviver muito tempo após o parto é irrelevante neste sentido. Repetindo: o bebê anencéfalo não deixa de ser uma pessoa. Nem mesmo você nega isso. A lógica de que o aborto é uma solução, um alívio para um casal, uma mãe, que espera o nascimento de um filho, é falsa.(...)"
"O direito à vida é fundamental e não pode ser relativizado. Você não consegue refutar a isso. O direito à vida do bebê é maior que o direito à liberdade dos pais em eliminá-lo. E é essa premissa que pode garantir a liberdade de todos os cidadãos, porque o direito à liberdade depende do direito à vida. Se o direito à vida for relativizado, a morte de inocentes é justificada. Você defende a morte de pessoas por não terem cérebro; ou seja, o direito à vida deixa de ser fundamental e torna-se relativo. A partir daí, basta inventar novos pretextos - e a luta pela aprovação do aborto de fetos anencéfalos não diz respeito a razões humanitárias, ao contrário do que você pensa; é a porta aberta para a aprovação do aborto como um direito através do poder judiciário.(...)"
***

E estes são apenas alguns poucos trechos.

Resumindo: Matheus arrasou!

terça-feira, abril 28, 2009

Salve Santa Gianna Beretta Molla, padroeira dos não-nascidos, das mães e dos médicos!

7 comentários ###
Médica, esposa, mãe e santa!

"Ó, Jesus, prometo submeter-me inteiramente a tudo que Tu permitires acontecer comigo, faça-me apenas conhecer a Tua vontade."

Hoje é o dia de Santa Gianna Beretta Molla, um exemplo para tantos católicos e para o mundo inteiro! Santa do amor à vida! Amor aos seus filhos, mesmo os não-nascidos! Amor a Deus, que nos dá o Dom da Vida! Amor à Igreja, obra do Altíssimo!

Um mundo repleto de hedonismo não entende a opção de Santa Gianna, que para preservar a vida de sua filha ainda em seu ventre, recusou tratamento que certamente causaria a morte da bebê. Ante a terrível opção, Santa Gianna disse palavras a seu marido que só poderiam sair de um coração para quem não há limite no amor:

"Caso tenha que escolher entre mim e o bebê, não hesite, -- e eu o exijo -- escolha o bebê. Salve-o!"

Deve um cristão procurar imitar seu Redentor naquilo que suas forças lhe possibilitarem. É nosso dever e nossa utopia buscar sempre seguir os passos de Nosso Senhor Jesus Cristo. Santa Gianna, ao dar sua vida pela de sua filhinha, mostrou-nos uma das facetas da missão de Nosso Senhor: dar a vida para que outros a tenham verdadeiramente. Este gesto heróico de Santa Gianna foi um passo largo em direção à santidade, e é uma lição eloqüente para um mundo cuja única medida parece ser o prazer imediato.

Mas a pátria de Santa Gianna é outra! Ela passou entre nós, entre nossas dores e nossos obstáculos, como peregrina que aqui estava cumprindo uma missão, assim como cada um de nós. A pátria de Santa Gianna é o Paraíso! É lá, junto ao seu amado Redentor que ela intercede por nós, por nossas lutas, para que nós sejamos fortalecidos no combate que aqui travamos contra a cultura da morte, contra a ignorância de um mundo que cada vez menos reconhece a santidade da vida humana, principalmente dos que ainda não nasceram.

Gianna Beretta Molla, médica, esposa, mãe e, finalmente, santa, mostra-nos que o chamado à santidade é universal e não existe nem estado de vida, nem profissão e nem qualquer outro obstáculo que impeça a quem quer que seja de fazer a vontade de Deus. Apenas uma coisa é necessária: abrir o coração às Graças do Criador e nEle confiar inteiramente!

Santa Gianna confiou no Altíssimo ao oferecer sua vida pela vida de sua filha. Loucura? Não mesmo! Somente é loucura a olhos meramente humanos. Para o Senhor Deus é isto que é realmente ser Sua filha, como é Santa Gianna!

Isto é ser santa! Isto é ser mãe!

***

Frases de Santa Gianna:

"Também no sofrimento devemos dizer: Obrigado, meu Deus!"

"Se alguém considerasse o quanto Jesus sofreu, este não cometeria o menor dos pecados."

"Assim como o sacerdote pode tocar Jesus, também nós podemos tocá-Lo através dos corpos de nossos pacientes... Temos oportunidade de fazer o bem que não é possível a um sacerdote. Nossa missão não termina quando os remédios não mais têm efeito. Devemos encaminhar as almas para Deus; nossas palavras têm alguma autoridade... Médicos católicos são muito necessários!"

"O médico não deve interferir. O direito da criança à vida é igual ao direito da mãe. Um médico não pode decidir; é pecado matar um bebê em gestação."

"Quando alguém faz sua obrigação não se deve preocupar, pois o auxílio de Deus não lhe faltará."

"Nosso corpo é um cenáculo, um mostruário: através deste cristal o mundo deveria ver a Deus."

"O segredo da felicidade é viver momento a momento e agradecer a Deus por tudo que Ele, em Sua bondade, nos dá dia após dia."

"A Providência Divina está em todas as coisas, está sempre presente."

"Ó, Jesus, prometo submeter-me inteiramente a tudo que Tu permitires acontecer comigo, faça-me apenas conhecer a Tua vontade."

***
Para obter graças pela intercessão da Santa Gianna

Deus Pai, que nos destes Santa Gianna como exemplo de esposa amorosa, que cercou de amor a sua família construindo uma verdadeira "Igreja Doméstica", fazei que assimile esse mesmo amor incondicional, consagrando minha vida ao vosso serviço e ao serviço de todos. (Pai Nosso, Ave Maria, Glória...).
Jesus, Redentor da humanidade, que chamastes Santa Gianna para a missão de médica do corpo e da alma, vendo o vosso sofrimento no irmão doente, fazei que seguindo o exemplo de vossa serva, eu possa entender a minha dor e a do meu irmão, participando do sacrifício da vossa santa cruz. (Pai Nosso, Ave Maria, Glória...).
Espírito Santo, fonte de todo amor, que infundistes no coração de mãe da Santa Gianna a coragem dos mártires para que testemunhasse com a própria vida o amor pela criança que trazia no seu ventre e fosse exemplo de fé, esperança e caridade, fazei que ela se torne modelo de autêntico caminho de santidade para todos os cristãos. (Pai Nosso, Ave Maria, Glória...).
***
Oração à Santa Gianna Beretta Molla:
Ó Deus, Amante da Vida, que concedestes a Santa Gianna responder com plena generosidade à vocação cristã de esposa e mãe, concedei também a mim, por sua intercessão, a graça de que tanto preciso, como também seguir fielmente a vossa vontade, para que resplandeça sempre nas nossas famílias o Dom que consagra o amor eterno e a vida humana. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.
***
Algumas imagens de Santa Gianna:



quarta-feira, abril 22, 2009

Gianna Jessen: de vítima do aborto a campeã da vida - Parte 2

0 comentários ###
Trago aqui a 2a. parte do fantástico depoimento de Gianna Jessen. A primeira parte pode ser vista aqui ou no blog original, Vida e Castidade.

Mais uma vez agradeço ao Daniel Pinheiro, responsável pelo blog Vida e Castidade, pela legendagem deste testemunho. Que Deus multiplique as Graças em sua vida.


sábado, abril 18, 2009

Pílula do dia seguinte: Folha de São Paulo falha feio

4 comentários ###

A Folha de São Paulo, em sua versão online, divulgou uma matéria entitulada "Adolescentes desconhecem como funciona pílula do dia seguinte". Como é de se esperar quando estamos tratando com um veículo de tal importância para a imprensa nacional, imagina-se que a Folha cumpriria o papel de infomar aos adolescentes e demais interessados sobre o real funcionamento da chamada Pílula do Dia Seguinte.
Continue lendo:

https://contraoaborto.wordpress.com/2009/04/18/pilula-do-dia-seguinte-folha-de-sao-paulo-falha-feio/

sexta-feira, abril 17, 2009

Gianna Jessen: de vítima do aborto a campeã da vida

2 comentários ###
Coloco aqui um vídeo fantástico, que me foi indicado pelo Marcos Ludwig, do blog Reinada.

Neste vídeo, legendado em Português pelo Daniel Pinheiro, do blog Vida e Castidade, Gianna Jessen, uma conhecida líder pró-vida norte-americana, conta sua impressionante história. História esta que pode ser conhecida também através de uma postagem no excelente blog Plataforma Algarve pela Vida.





Meus sinceros agradecimentos ao Marcos pela indicação e ao Daniel pelo excelente trabalho de legendagem deste importante testemunho.

Que Deus lhes pague em dobro tudo o que fazem pela defesa da vida!

quinta-feira, abril 16, 2009

Universidade católica ajoelha para Obama

0 comentários ###
Antes de Obama - Com o monograma IHS



















Preparado para Obama - Sem o monograma IHS








Vergonha!

E isto aconteceu enquanto as atenções todas estão focadas na proximidade da lamentável concessão do título de Doutor Honoris Causa da Universidade de Notre Dame para Barack Obama, a despeito de suas conhecidas posições pró-aborto e contrariando mesmo claríssimas posições dos bispos norte-americanos:
"The Catholic community and Catholic institutions should not honor those who act in defiance of our fundamental moral principles. They should not be given awards, honors or platforms which would suggest support for their actions." - Catholics in Political Life

["As comunidades e instituições católicas não devem homenagear àqueles que atuem em desacordo com nosso princípios morais fundamentais. Não deverão ser concedidos prêmios, homenagens ou oportunidades que possam sugerir apoio às suas ações."]
Mas não satisfeito com o verdadeiro escândalo que se aproxima, hoje fiquei sabendo que Obama, o abortista-mor, aprontou mais uma...

Conforme noticiado pela Catholic League, a Casa Branca solicitou que a Universidade de Georgetown, outra prestigiada universidade católica dos EUA, cobrisse todos os símbolos religiosos enquanto o presidente Barack Obama fizesse seu discurso. E, para vergonha de todo o orbe católico, a direção da universidade aceitou esta ridícula exigência! Mais uma vez somos apunhalados pelas costas por aqueles que deveriam ser os primeiros a nos defender.

Foi coberto até mesmo o símbolo IHS, um monograma que representa o nome de Nosso Senhor Jesus Cristo! E este monograma é o símbolo da Companhia de Jesus, dos jesuítas!


Quanta vergonha... Tudo isto é muito lamentável. Cabe aos católicos reagirem a casos assim. Se Obama quer discursar em uma universidade católica, pois que ele aceite o que nos é caro. Caso não aceite, porta da rua! O que não pode é católicos aceitarem que até mesmo um símbolo que representa Nosso Salvador seja coberto. E isto, acontecendo neste glorioso Tempo Pascal, reveste-se ainda mais de escárnio.


Pelo jeito há jesuítas esquecendo as palavras de alguém que até há poucas décadas lhes era muito caro...


"Porque, se nesta geração adúltera e pecadora alguém se envergonhar de mim e das minhas palavras, também o Filho do homem se envergonhará dele, quando vier na glória de seu Pai com os seus santos anjos. " (São Marcos 8,38)

terça-feira, abril 14, 2009

Atenção Recife e Olinda! Human Life International premiará D. José Cardoso Sobrinho.

0 comentários ###

Enquanto há os dispostos a aplaudir o aborto de duas crianças, há aqueles que não poupam esforços pela vida dos mais frágeis. E é bom, ainda mais nos dias atuais, que estes sejam justamente homenageados.

Como já noticiado aqui, D. José Cardoso Sobrinho, o corajoso bispo que não se calou e tudo fez para impedir o hediondo crime que foi cometido em Recife, será homenageado pela Human Life International.

***

Human Life International é uma organização internacional cuja missão é a construção de uma cultura que evidencie e defenda a vida em contraponto àquela de morte que se instalou em todo o mundo.

“A Human Life International tem a honra de conceder a Dom José Cardoso Sobrinho, Arcebispo de Olinda e Recife, o Prêmio Cardeal Von Galen em reconhecimento por sua atitude heróica no cumprimento do ministério episcopal, na defesa da vida humana, ao enfrentar o desagrado de tantos que promovem a cultura da morte”.

Agindo em nome das associações católicas pró-vida em mais de 80 países do mundo, a Human Life International concede o Prêmio Cardeal Von Galen a personalidades – especialmente Prelados – que se destacam na defesa da sacralidade da vida conforme a Lei de Deus proclamada pela Igreja Católica.

O Prêmio leva o nome do Bem-Aventurado Clemens August Von Galen (1878-1946), bispo de Münster (Alemanha) durante a era nazista, o qual, levantou sua voz em defesa dos pobres e dos doentes, protestando contra a eutanásia, a perseguição dos judeus e a expulsão dos religiosos. Por causa de sua coragem, ficou conhecido como o “Leão de Münster”. O lema que escolheu quando foi eleito bispo foi “Nem elogios nem ameaças” (me distanciarão de Deus).


O Prêmio já foi concedido a outros prelados que se destacaram em iniciativas em defesa da vida e da moral católica, como o Cardeal Lopez Trujillo, o Cardeal Tumi de Benin, Dom Antonio Arregui, arcebispo de Guayaquil e presidente da Conferência Episcopal Equatoriana, e muitos outros em vários países.

O cardeal Von Galen demonstrou coragem ao enfrentar os nazistas, desvelando a verdade sobre a ideologia do nazismo, defendendo a liberdade da Igreja e das associações católicas, bem como a educação religiosa. Acusou abertamente o nazismo de discriminação contra os cristãos, os quais eram encarcerados e assassinados. Condenou outros abusos do governo totalitário, lutou pelo direito à vida e denunciou de modo veemente o massacre das pessoas deficientes físicas e mentais consideradas “inúteis”.


Dom José Cardoso Sobrinho se destacou pelo empenho com que lutou pelos gêmeos nascituros daquela pobre menina grávida de apenas 9 anos de idade, em face de tanto negativismo, sobretudo em vários setores da mídia.

Mons. Ignacio Barreiro-Carámbula, JD, STD, chefe do bureau da Human Life International em Roma, virá ao Recife em nome do Rev. Padre Thomas Euteneuer, Presidente do Human Life International e entregará pessoalmente a Dom José o Prêmio Cardeal Von Galen.

A solenidade para outorga do Prêmio será no dia
16 de abril de 2009, às 20 horas, no auditório do Colégio Damas, à Av. Rui Barbosa, 1426, no bairro dos Aflitos, no Recife.

quinta-feira, abril 09, 2009

As sandices do ateu-lógico

13 comentários ###

Depois do ateu-crente que achou por bem dar uma passada por aqui, agora foi a vez do ateu-lógico. Bem... Na verdade, parece que todos os ateus acham-se o máximo em matéria de Lógica, algo como se fossem os únicos seres iluminados o suficiente para encadear um pensamento ou sustentar um argumento. Tsc, tsc...

Mas o mais engraçado é que parece haver ateus que deixam de acreditar em Deus não por causa de uma dúvida real, mas por causa de uma revolta. E, muitas vezes, por causa de uma revolta fútil.

Conheço ateus sinceros, gente que buscou sinceramente a Deus e que, por um motivo ou outro, não o encontrou ou mesmo que tenha perdido a fé. Isto é uma coisa. E conheço também aqueles que se utilizam de algum fato concreto para justificar sua rejeição a Deus, como se houvesse algo além de nosso próprio coração que nos afastasse de Deus. Outra coisa é gente que se diz ateu mas que na verdade quer mesmo é posar de inteligente ou fazer parte de um clubinho no qual a passagem de entrada é parecer -- ênfase no parecer -- superior aos que acreditam em Deus.

Geralmente, é este o pessoal que faz militância pelo mundo afora, são os que gastam dinheiro para colocar cartazes contra a fé das pessoas como se isso adiantasse de algo. Não adianta, claro, mas pega bem para a galera, na próxima reunião dá para contar umas piadas e tal. É como adolescentes que ficam contando vantagens para seus pares... E apenas isto.

Uma coisa que é muito entediante nos militantes ateus é que eles acham mesmo que têm algo a ensinar ao resto do mundo. É devido a isto o tom pseudo-didático do ateu-lógico abaixo. Ele, que se identificou como sergioCBJ, talvez ache sinceramente que tenha algo a ensinar aos crentes, principalmente por ter sido um quase pastor. Tédio puro...

***

"Eu sou ateu e afavor do aborto em caso de estupro ou risco à vida da gestante.

É errado afirmar que porque hitler era deista, que todo deista é lunático.

Assim como afirmar que porque um certo número de padres são pedófilos, que todos os católicos também o são.

Assim como afirmar que por um ateu cometer alguma atrocidade, que todos cometeriam."
Sobre o aborto, quem acha justificável o aborto direto deve, em primeiro lugar, provar que o que vai no ventre da mãe não é um ser humano. Não há como defender um aborto, de qualquer tipo que seja, se o fruto da concepção é um ser humano.

De forma alguma eu disse que se um ateu cometeu uma atrocidade todos cometeriam. O que afirmei, e volto a afirmar, pois parece que foi meu post sobre dr. Mengele que deixou alguns ateus incomodados, é que na questão do aborto, qualquer que seja a crença da pessoa, ou mesmo que seja atéia, eles estão ao lado de ninguém menos que dr. Mengele. Pois é... Enquanto os pró-vida têm ao seu lado uma Madre Teresa de Calcutá, os abortistas têm Mengele. Mas que posso eu fazer, nesta questão cada um escolhe o lado que mais lhe agrada.

"Sobre a bíblia que o rapaz falou, ele quis dizer que Deus mata por exemplo, crianças inocentes egípsias.(se não me engano, foi a última praga)

Você leu a biblia toda e quer continuar acreditando nela? Que bom. Todo mundo precisa acreditar em algo as vezes.

Só não envolva ninguem nisso.

Eu pessoalmente acho errado quando crenças religiosas interferem na vida de todas as pessoas de um pais.. como é o exemplo do aborto.

Infelizmente, religiosos ao invés de discutir o tema do aborto em cunho lógico, vocês preferem usar a bíblia para interferir em assuntos de estado."
O sergioCBJ parece que não entendeu o que eu escrevi... Então vou tentar explicar melhor: o que falei nada tem a ver com qualquer passagem da Bíblia, tem a ver com o absurdo de uma pessoa que se diz ateu tentar argumentar que é um absurdo crer em Deus porque ele teria matado crianças. Afinal, o ateu acredita ou não em Deus? Ou será que acredita apenas para criticar? Ou será que não é bem que ele não acredite, mas apenas que não concorda com os métodos? Ou seja, é uma confusão.

E o sergioCBJ, talvez por seu passado de protestante (o que ficará claro mais à frente), parece pensar que a fé se reduz a "acreditar na Bíblia". Fé temos em Deus e a Bíblia é a palavra deste Deus. E seu "todo mundo precisa acreditar em algo às vezes" parece mais coisa da lavra do ateu-crente, de quem ele tomou as dores.

Mas o sergioCBJ dizendo que acha errado quando a crença religiosa interfere na vida de todas as pessoas de um país tenta, espertamente, dizer que quem é contra o aborto assim é por razões meramente religiosas. Ele ignora que há até mesmo ateus que não são favoráveis ao aborto.

Aliás, talvez isto seja ainda resquícios de seu tempo como protestante, ele diz que sei lá quem prefere utilizar a Bíblia para interferir em assuntos de Estado. Não tenho a menor idéia de quem ele está falando, talvez ele esteja apenas dando voz a seus preconceitos...

Seu "cunho lógico", ao qual ele didaticamente tenta direcionar o tema do aborto, curiosamente passa longe das evidências científicas de que o que existe após a concepção é já um ser humano. Talvez o "cunho lógico" de sergioCBJ ache que o fruto da concepção possa ser um pato, um búfalo ou, levando tal lógica peculiar mais à frente, quem sabe talvez possa ser até um diamante ou um pé-de-couve.

A verdade é que sergioCBJ quer posar de humanista ou sei lá o quê e achar que tudo está bem abortar uma criança gerada em estupro. Faltou ele provar, usando seu "cunho lógico" que a criança não é humana ou que ela merece morrer pelo crime de seu pai.
""a biblia não deixa"
"não matarás.."

Vocês poderiam simplesmente argumentar que a ciência ainda não consegue definir o que é a vida e que enquanto ela não conseguir definir a vida, o que ela é, então todos os seres humanos, em qualquer idade ou fase, devem ser considerados vivos ou mortos.

Como um senhor de 60 anos está vivo, logo um embrião também está até que a ciência prove o contrário.. ou ambos deveriam ser considerados mortos.

E se você tira a vida de um ser humano, então deverá ser acusado de homicidio doloso.. já que o seu direito acaba quando o do outro começa.

Isso é uma argumentação, é a que eu sempre usei contra o aborto."
Mais passado protestante... E, pelo jeito, protestantismo de seitas, coisa que é bem diferente do protestantismo histórico. Cabe ao sergioCBJ provar que é errado o "Não matarás".

E o pseudo-didatismo do comentarista é entediante. Entediante e ignorante, pois o que ele chama de argumentação fica perto de ser infantil. Talvez seja por isto que sua fortíssima argumentação contra o aborto chega ao ponto de permitir que um ser humano seja abortado pelo crime de seu pai. E é ele que quer ensinar os outros a argumentar corretamente?

E ele falha miseravelmente em sua argumentação, pois ninguém duvida que o fruto da concepção é um ser humano, só um abortista cego ao que diz a ciência biológica diria o contrário. O que os abortistas tentam é que haja casos em que a vida já concebida possa ser justificadamente eliminada.
"Mas falar:"não matarás", "na bíblia está escrito.."

Não é uma argumentação válida já que nem todos acreditam na bíblia ou em Deus; como eu.

É completamente errado, colocar uma crença entre o povo e a justiça.

Imagina se os satanistas o fizessem para justificar o assassinato para suas oferendas.(apesar de que "satanistas" propriamente dito, não existem, como religião eles tem outro nome que eu não lembro)"
Talvez ainda como ex-protestante, sergioCBJ pensa que quem adere a um credo só consiga argumentar utilizando a Bíblia. Provavelmente sergioCBJ ignora -- ele ignora tanta coisa... -- que o "Não matarás" não é uma coisa apenas de católicos, de protestantes ou de judeus. Não! O não matar é tão universal que até mesmo ateus a ele aderem. É uma questão de Direito Natural, ao qual todos estamos submetidos.
""nossa bíblia diz..."

Existe uma forma de todos nós convivermos bem, socialmente e sem agressões morais.

Essa forma, é quando nós pararmos de colocar nossos credos entre nós e outras pessoas.

"Eu sou ateu, não vou andar com evangélicos..."

"eu sou evangélico e não vou falar com homosexuais.."

"Eu acredito nisso por causa da minha religião, logo todos deveriam também...""
Não tenho a menor idéia de com quem sergioCBJ tem andado, mas eu lhe sugeriria que procurasse um novo ambiente. Pode até ser que suas experiências sejam de tal tipo, mas daí até ele imaginar que o que lhe acontece no particular é o normal de forma universal vai uma grande distância.

Mas o que ele ignora é que desejar que uma pessoa religiosa tenha que deixar de lado suas convicções, seus princípios porque só desta forma seria possível uma convivência pacífica -- segundo o que ele pensa --, beira o absurdo, tanto quanto seria absurdo pedir a um ateu que acreditasse em algo porque apenas assim ele poderia conviver bem com os crentes.

É completamente errada a idéia atual que o denominador comum entre os homens seria que não demonstrassem suas crenças. Historicamente e antropologicamente, os homens crêem. É coisa bem recente isto de inventarem que quem crê deve deixar sua crença em lugar inacessível; muito pelo contrário, quem crê deve sempre mostrar ao outro sua crença, pois esta é parte integrante de sua pessoa.
"É bom argumentar, mas com clareza, sem fanatismo, tanto religioso como anti-religioso.

Usando o bom-senso para não ofender ninguem e sem impor suas crenças e opniões sobre à dos outros."
O que o sergioCBJ chama de "bom-senso" é que os religiosos tenham que deixar suas crenças de lado para conviver bem com ele. E ainda se acha em posição de chamar alguém de fanático...

Em primeiríssimo lugar deveria ele ter consciência de que isto de deixar a fé de lado é coisa que só faz mesmo sentido na cabeça de ateus. Quem tem fé não a coloca de lado nunca, seja na vida particular ou na pública. Se os ateus conseguem ser seres bicéfalos, isto é lá com eles... Só não queiram também que os crentes também o sejam.
"Utopia?

Talvez, mas eu sou um ateu, e acredito veementemente que eu não preciso me preocupar com um paraíso no céu, eu estou na terra e pretendo fazer de tudo para que ela seja um paraíso.

E se no final das contas eu encontrar com um buda, kishma, Deus ou seja la qual for o nome, o importante não vai ser que eu tenha seguido um dogma para entrar no céu, mas que eu tenha seguido meu bom-senso.. se isso me fizer entrar, que bom, se não, paciência.. eu fiz o melhor ao meu alcance e sem faze-lo por temer nenhum castigo, mas por boa vontade e respeito pelos outros seres humanos que dividem esse mundo comigo."
E o nosso amigo ainda se mostra confuso, pois ele mistura um "talvez" com um "acredito veementemente" na mesma frase. Realmente, estes ateus não ajustam seus discursos...

E é ele que quer ensinar aos crentes como viver sua fé... E o pior é que ele, do alto de sua empáfia, saca nada do assunto que quer dar aula. Ele pensa, que por ter sido religioso, fala do assunto com alguma autoridade. Mas que nada! Ser ex-religioso, em seu caso, só nos deixa ver o porquê ele abandonou o bom caminho: sua idéia de religião ou mesmo de Deus é incompatível com uma fé esclarecida e saudável.

E ele parece confundir temor a Deus com terror de Deus... Não é à tôa que ele quer passar uma idéia -- falsa -- de que é um ser livre. É nada... Na verdade, ele trocou uma idéia falsa de Deus, que o devia assombrar, por uma idéia falsa de liberdade, na qual seu nariz é o único parâmetro de suas ações. Isto não é liberdade... É, antes, o orgulho em sua forma mais pura.

E sua patética dúvida -- "E se no final das contas..." -- só nos deixa ver a quantas vai o seu pensamento ateu. Na verdade, ele, neste caso, se parece muito com o ateu-crente, que não acreditava acreditando. Quer porque quer não acreditar, e também fazer pouco dos que acreditam, empinando o nariz sempre que podem. Riem-se dos crentes, mas, quando colocam o discurso no papel, surge a dúvida -- "E se no final ...", "Se eu entrar...". Mas que raios de ateus são estes afinal?
"Eu sinceramente acho que vocês deveriam parar de se preocupar ,as vezes, com o paraíso e dar um pouco de atenção para esse mundo e para as pessoas que precisam de ajuda.

Se o paraíso existe, ele está lá, não vai sair de lá só porque você parou de pensar nele por um segundo para dar atenção para algo desse mundo.. como a desigualdade, a fome, pobreza e etc."
Não sei se o sergioCBJ estava tentando ser engraçado ou se ele realmente estava tentando falar uma coisa séria. O fato é que ele falha clamorosamente em ambas as tentativas. Se tentou humor, devia procurar outra área; se tentou falar sério, deveria parar de falar besteiras publicamente, ao menos.

O sergioCBJ, do alto de seu pensamento "lógico" evita abordar o assunto que muito provavelmente são os crentes, os religiosos de várias religiões, que mais ajudam seus semelhantes. Ele esquece dos hospitais, das escolas, dos asilos, dos orfanatos, das pastorais, etc. Ele esquece, por exemplo, que a Santa Igreja é a instituição que mais auxilia no tratamento de contaminados por HIV no mundo. Ele esquece do papel que a Igreja tem para minimizar os efeitos da fome e da doença em várias localidades do mundo. Aqui mesmo, no Brasil, o trabalho da Pastoral da Criança é elogiado até mesmo por uma entidade como a UNICEF, que mistura cuidado de crianças com facilitação ao aborto mundo afora.

Resumindo: a fala de sergioCBJ só faria sentido se ele estiver sofrendo de um seríssimo caso de privação de sentidos. Como nitidamente este não é o caso, só podemos concluir uma coisa: é má-fé mesmo.
"Se o paraíso é para os bons.
Logo, se você for bom e se comportar naturalmente, você vai entrar nele.

As igrejas vivem abarrotadas, Deus não ligaria se você faltasse um dia para ajudar alguem ou para ver aquele debate entre políticos para saber quem vai guiar sua nação por quatro anos."
Realmente... Não sei se é um defeito dos ateus tupiniquins, ou se é um padrão internacional... Mas é impressionante o quanto eles insistem em falar de Deus, apesar de se dizerem não-crentes. Só se pode concluir que são ateus não tanto por opção, mas por orgulho, pelo raro prazer de se dizerem tal.

Até na agenda dos religiosos ele quer dar pitaco! E desde quando ir à Igreja afasta alguém do auxílio ao próximo ou o impede de atuar politicamente? Ora, sergioCBJ... Para alguém que quer se pavonear de sua lógica, você vai bem ruinzinho. Mesmo deixando de lado os exemplos fartos que tenho à minha volta, de minhas experiências concretas, nem é preciso muito para pensar em várias pessoas de vida pública que deixam por terra uma "argumentação" como esta.

Se sergioCBJ gastasse 2 segundos de seu tempo, se ele colocasse raciocínio no lugar de seus preconceitos, evitaria fazer este papel de bobo.

Bem... Talvez isto seja reflexo de suas experiências e do ambiente em que ele desenvolveu sua "religião".
"Afinal, na bíblia está escrito que jesus vai negar a entrada ao paraíso e dizer para essas pessoas que ficaram de fora, que elas não o ajudaram quando ele precisava.

Elas irão questioná-lo e ele dirá que elas não ajudaram os "pequeninos" dele e que por consequencia, não o ajudaram.

Logo, se você for decidir o presidente que vai dar mais educação para as crianças, diminuir a desigualdade do país para elas, deixar um mundo mais limpo também para elas.

Então você estaria cumprindo a vontade de Deus."
E não é que ele insiste em suas sandices?

E pior ainda... O sergioCBJ, o Lógico, mostra-se um infantil político. E é ele que quer ensinar aos outros como se portarem. Pfui...

Chega a ser irônico ele falar de presidente que vai dar "educação para as crianças". Quais crianças, sergioCBJ? Não as que foram abortadas sob a alegação que devem pagar pelos crimes de seus pais, não é mesmo? Não aquelas que morrem sob o falso motivo de que fariam suas mães morrerem, não é mesmo?

Pois é... Concordamos quanto à "educação para as crianças". Pena que discordamos exatamente sobre as crianças, pois enquanto eu e muitos outros temos a certeza de que todas têm o direito de viver, você, por outro lado, acha por bem colocar-se no papel de decidir quais delas merecem uma vida e uma educação.

Advinha quem está cumprindo a vontade de Deus?
"Eu não sei do que eu estou falando?
Eu sei sim.
Já fui evangélico e já fiz seminário para ser pastor.. em tése, eu sou.
Mas eu já abandonei por diversas razões que não valem à pena comentar para não causar briga."
Você foi protestante? Aliás, este é o termo correto... És um "pastor em tese"? (Não tenho a menor idéia do que seja isto...) E daí? E isso lá te dá autoridade para algo? Mesmo porque por tuas idéias dá para ver que você ou nunca soube de nada mesmo ou, se soube, fez questão de distorcer cada ponto aprendido e agora fica tentando utilizar esta distorção que restou como se fosse a fé comum.

E nem será comigo que você criará briga, mas só não tente colocar em fatores externos a culpa por tua derrocada, pois o que você demonstra só nos deixa ver que o que restou em você é uma mistura de generosas doses de ignorância e preconceito.
"Mas mesmo quando era, eu era defensor da política de que todo religioso tem que além de reservar um tempo para sua religião, reservar um tempo para seu país e consequentemente, para o próximo. Cya"
Mais uma prova da ignorância de sergioCBJ sobre o que é ser um religioso, como se ele, com este discurso, fosse original ou algo parecido. Isto, na verdade, demonstra mais ainda a falta sua de conhecimento, coisa fundamental para quem acha que está na posição de dar aulas a alguém.

Que tal se o sergioCBJ desse uma lida nisto aqui:
"As sociedades democráticas actuais, onde louvavelmente todos participam na gestão da coisa pública num clima de verdadeira liberdade, exigem novas e mais amplas formas de participação na vida pública da parte dos cidadãos, cristãos e não cristãos. Todos podem, de facto, contribuir através do voto na eleição dos legisladores e dos governantes e, também de outras formas na definição das orientações políticas e das opções legislativas que, no seu entender, melhor promovam o bem comum. Num sistema político democrático, a vida não poderia processar-se de maneira profícua sem o envolvimento activo, responsável e generoso de todos, “mesmo na diversidade e complementaridade de formas, níveis, funções e responsabilidades”."
Este pequeno trecho, de significado cristalino, é a "Nota Doutrinal sobre algumas questões relativas à participação e comportamento dos católicos na vida política", da Congregação para a Doutrina da Fé. Ou seja, sergioCBJ tem nada de original ou progressista. Seu ateísmo é, na verdade, só um atraso arrogante que pensa que é lógico.

segunda-feira, abril 06, 2009

Marco Aurélio de Mello, pede para sair!

1 comentários ###

“Espero que o placar seja acachapante, seja de 11 a 0”

Foi com estas palavras que o Ministro Marco Aurélio de Mello, do STF, antecipou seu voto no importantíssimo julgamento da Argüição de Descumprimento de Preceito Fundamental no. 54 (ADPF 54), que tratará da liberação do aborto de anencéfalos. Em declaração ao jornal O Globo, o ministro deixou claro não só seu voto como, também, sua torcida. É difícil imaginar que quem dá uma declaração como esta possa olhar para a parte contrária, a parte que é contra o aborto de uma criança anencéfala, e ser capaz de julgar algo de maneira isenta.

O ministro parece esquecer que sua função é julgar, coisa que é bem diferente de torcer por um resultado. Fazendo isto, ele parece-se muito mais com as partes envolvidas do que com um elemento neutro que deve votar para decidir a questão no âmbito constitucional. O placar "acachapante" pelo qual o ministro torce é coisa de futebol, o que não cabe na seriedade com que a questão merece ser decidida.

Aliás, se o jogo já está decidido antes do final, por que o STF faz as vezes de interessado no que os que são contrários ao aborto têm a falar? Por que a pantomima de Audiências Públicas? Por que um ministro do STF acha-se suficientemente à vontade para dar entrevista diivulgando voto?

O ministro esquece também a própria legislação à qual ele mesmo está subordinado. A Lei Orgânica da Magistratura Nacional (Lei Complementar 35/79) diz o seguinte no artigo 36, inciso III:
"Art. 36 - É vedado ao magistrado:

(...)

III - manifestar, por qualquer meio de comunicação, opinião sobre processo pendente de julgamento, seu ou de outrem, ou juízo depreciativo sobre despachos, votos ou sentenças, de órgãos judiciais, ressalvada a crítica nos autos e em obras técnicas ou no exercício do magistério."
Ninguém põe em dúvida o notório saber jurídico do Ministro Marco Aurélio de Mello, mas ele errou -- e errou feio! -- ao achar que poderia divulgar seu voto abertamente. Isto lhe é vedado. E sua torcida para que seus colegas votem seguindo seu pensamento só confirma que, neste caso, sua isenção está mais do que comprometida.

Mas o ministro foi mais longe... Beira o menosprezo fútil o que ele declarou à revista Veja, no dia 03/09/2008:
"(...) Por isso, acredito que agora a Casa aprovará a interrupção da gestação de anencéfalos. Desta vez, a votação será menos apertada do que foi no caso das células-tronco. Diria que teremos um 7 a 4 ou um 8 a 3. E, depois que o Supremo bater o martelo, não adiantará recorrer ao Santo Padre."
O ministro parece que não aprendeu nada com as audiências públicas... Ou isto ou ele quer cair na mera desinformação ao insinuar que os argumentos dos que são contrários ao aborto de anencéfalos são simples razões religiosas. Será que o ministro faltou no dia em que especialistas de primeiro time -- médicos, biólogos, juristas -- argumentaram contra o aborto? Se o ministro quer torcer para um lado, coisa que não convém a um juiz, pois que o faça, mas que ao menos não tente distorcer para a opinião pública que uma questão tão complexa como o aborto seja uma questão de religiosos contra todo o resto.

O caso é que a parcialidade do Ministro Marco Aurélio ficou tão nítida que um grupo de deputados federais protocolou junto ao Ministério Público Federal uma Representação por suspeição. Isto aconteceu no dia 10/12/2008 e a Representação recebeu o número de protocolo
100000013191/2008-80. E o que aconteceu até o momento? Nada! Absolutamente nada.

Até o momento o Procurador-Geral da República, Dr. Antonio Fernando de Souza, não se pronunciou sobre o assunto. Ou seja: há quatro meses que esta Representação está em sua gaveta e nada foi feito. O que, afinal, está sendo esperado? O final do processo? A votação pelo plenário do STF?

E o momento é este, pois conforme informações constantes na própria página do STF, a ADPF 54 foi encaminhada para a Procuradoria Geral da República (PGR) para que ela emita um parecer sobre a Ação. Ou seja, a PGR tem na sua mesa duas questões: uma é a Representação contra o Ministro Marco Aurélio de Mello por suspeição para julgar a ADPF 54 e a outra é a própria ADPF 54, à qual ela deverá emitir parecer sobre a questão.

Note-se bem -- e isto é muito importante -- que o parecer da PGR sobre a ADPF 54 é o último passo antes da votação do STF sobre esta questão importantíssima do aborto de bebês anencéfalos. Não precisamos raciocinar muito para entender que beira o absurdo que a PGR emita parecer sobre a ADPF 54 sem antes tomar alguma atitude quanto à Representação contra o Ministro Marco Aurélio que está em sua mesa há 4 meses.

É imperativo que o Procurador-Geral, Dr. Antonio Fernando de Souza, dê andamento à Representação. Uma primeira medida seria que o Procurador-Geral pedisse explicações ao Ministro Marco Aurélio sobre suas péssimas declarações. E isto deve acontecer ANTES que a PGR emita parecer sobre a ADPF 54, pois se assim não acontecer poderemos assistir ao absurdo de ter a votação desta Ação antes de que um Ministro do STF, sobre o qual pesa uma suspeição grave, dê o mínimo de explicações sobre suas declarações descabidas.

É necessário que façamos uma grande pressão para que mais este absurdo, que é a continuação do Ministro Marco Aurélio de Mello no julgamento da ADPF 54, seja impedido. Aqueles que lutam pela vida humana desde a concepção até seu fim natural já tem contra si fortíssimos adversários, muitos dos quais com interesses obscuros, mas uma coisa que jamais podemos aceitar é que o julgamento de nossos legítimos interesses fique parecendo um jogo já jogado, um jogo de cartas marcadas.

Para que a causa pró-vida tenha o mínimo de Justiça que merece devemos pressionar o Ministério Público Federal para que dê andamento o quanto antes à Representação contra o Ministro Marco Aurélio de Mello. Para tanto, eis o contato do Chefe de Gabinete do Procurador Geral da República:

MARCIUS CORREIA LIMA

Telefone: (61) 3105-5605 e 3105-5604

Fax: (61) 3105-5692


Infelizmente, o Procurador-Geral da República, Dr. Antonio Fernando de Souza, não tem seus números de contato e nem endereço eletrônico divulgados.

Um outra coisa que podemos fazer é apoiar e pedir explicações aos deputados que protocolaram a Representação contra o Ministro Marco Aurélio de Mello. Seguem os dados para contato de todos:

=========================================

GIVALDO DE SÁ GOUVEIA CARIMBÃO

dep.givaldocarimbao@camara.gov.br

Telefone:(61) 3215-5732 - Fax:(61) 3215-2732

Endereço para correspondência:
Gabinete 732 - Anexo IV
Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes
Brasília - DF
CEP: 70160-900


HENRIQUE AFONSO SOARES LIMA

dep.henriqueafonso@camara.gov.br

Telefone:(61) 32155440 - Fax:(61) 3215-2440

Endereço para correspondência:
Gabinete 440 - Anexo IV
Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes
Brasília - DF
CEP: 70160-900


JOÃO CAMPOS DE ARAÚJO

dep.joaocampos@camara.gov.br

Telefone:(61) 3215-5315 - Fax:(61) 3215-2315

Endereço para correspondência:
Gabinete 315 - Anexo IV
Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes
Brasília - DF
CEP: 70160-900


JOSÉ LINHARES PONTE

dep.joselinhares@camara.gov.br

Telefone:(61) 3215-5860 - Fax:(61) 3215-2860

Endereço para correspondência:
Gabinete 860 - Anexo IV
Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes
Brasília - DF
CEP: 70160-900


JOSÉ MIGUEL MARTINI

dep.miguelmartini@camara.gov.br

Telefone:(61) 3215-5758 - Fax:(61) 3215-2758

Endereço para correspondência:
Gabinete 758 - Anexo IV
Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes
Brasília - DF
CEP: 70160-900


LEANDRO JOSÉ MENDES SAMPAIO FERNANDES

dep.leandrosampaio@camara.gov.br

Telefone:(61) 3215-5471 - Fax:(61) 3215-2471

Endereço para correspondência:
Gabinete 471 - Anexo III
Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes
Brasília - DF
CEP: 70160-900


LUIZ CARLOS BASSUMA

dep.luizbassuma@camara.gov.br

Telefone:(61) 3215-5626 - Fax:(61) 3215-2626

Endereço para correspondência:
Gabinete 626 - Anexo IV
Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes
Brasília - DF
CEP: 70160-900


PEDRO RIBEIRO FILHO

dep.pastorpedroribeiro@camara.gov.br

Telefone:(61) 3215-5342 - Fax:(61) 3215-2342

Endereço para correspondência:
Gabinete 342 - Anexo IV
Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes
Brasília - DF
CEP: 70160-900


SERGIO ANTONIO NECHAR

dep.dr.nechar@camara.gov.br

Telefone:(61) 3215-5445 - Fax:(61) 3215-2445

Endereço para correspondência:
Gabinete 445 - Anexo IV
Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes
Brasília - DF
CEP: 70160-900


TALMIR RODRIGUES

dep.dr.talmir@camara.gov.br

Telefone:(61) 3215-5454 - Fax:(61) 3215-2454

Endereço para correspondência:
Gabinete 454 - Anexo IV
Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes
Brasília - DF
CEP: 70160-900

=========================================

Mas o mais importante é que todos aqueles que estejam preocupados com o avanço da Cultura da Morte em nosso país tomem urgentemente alguma atitude, seja escrevendo para os deputados que entraram com a Representação contra o Ministro Marco Aurélio, seja escrevendo para seus deputados ou, principalmente, entrando em contato com o Chefe de Gabinete da Procuradoria Geral da República para perguntar o motivo de até agora a Representação contra o Ministro do STF não ter dado em nada.

Se o Ministro Marco Aurélio quer uma vitória "acachapante" pois que vá procurar os campos de futebol, onde tal torcida é bem mais cabível. O Supremo Tribunal Federal, onde decisões seríssimas serão tomadas sobre a vida de seres humanos, não é o palco para tais arroubos.

sábado, abril 04, 2009

Uma bela iniciativa: Farmacêuticos pela Vida!

0 comentários ###

quarta-feira, abril 01, 2009

Universidade de Notre Dame acolhe Obama...

0 comentários ###
* ["Oh, uau!, é tão bom tê-lo conosco! Você é um líder fantástico! Oh, isto é um presente para nós?"]


... e contribui para que o catolicismo, mais uma vez, curve-se frente ao mundo.

A Igreja nos EUA está passando por um turbilhão causado pelo convite por parte do reitor da prestigiosa Universidade de Notre Dame, que é um ícone do catolicismo norte-americano, para que o presidente dos EUA, Barack Obama, dê a aula inaugural deste semestre. E o presidente também será homenageado com um título de Doutorado Honoris Causa. Isto é bem melhor explicado pelo Danilo Augusto em seu ótimo blog.

O fato é que há universidades católicas que, bem longe de fazerem jus ao nome, portam-se muito mais como cabeça-de-praia na batalha contra a Santa Igreja. Meu amigo Matheus Cajaíba, do ótimo blog Jornada Cristã, trouxe hoje mais um escândalo que está para ocorrer cá na Terra de Santa Cruz.

Enquanto lá nos EUA há universidades católicas que acham por bem homenagear um abortista-mor -- que é exatamente o que Obama é --, por aqui há universidade católica que acha que tudo bem um cursinho de "Direito à diferença", que não há nada de mais.

Nada de mais? Esperemos... Obama recebendo homenagem de universidade católica, tripudiando sobre os cadáveres de tantos não-nascidos com sua defesa INCONDICIONAL do abortismo, é a maior prova de que há gente que não mais apenas tolera o mal -- o que já seria obsceno --, há gente que homenageia o mal.

Um testemunho sobre Santa Josefina Bakhita!

0 comentários ###
Com muita satisfação, recebi, através do chat que está disponível neste Blog, um belíssimo testemunho sobre Santa Josefina Bakhita.

A postagem que fiz sobre esta santa é bem visitada, graças a Deus! Fico muito contente que mais gente tenha conhecimento e que busque a intercessão de uma santa que demonstrou ter muito a nos ensinar.

O exemplo de Santa Josefina Bakhita é muito atual, pois sua vida de repleta de sofrimentos, sofrimentos que lhe pareciam coisa corriqueira e tão gratuita, quase que uma sina em sua vida, serviu-lhe para que ela, através destes sofrimentos, chegasse ao contato interior com o Criador. Santa Josefina Bakhita, talvez para o escândalo de um mundo cada vez mais hedonista, disse as seguintes palavras, como eu já havia colocado na postagem original:
"Se tivesse hoje a oportunidade de encontrar os mercadores de escravos que me capturaram e até mesmo aqueles que me torturaram, eu ajoelharia e beijaria suas mãos, pois se isto não tivesse acontecido, eu, hoje, não seria cristã e religiosa."
Que loucura aos olhos do mundo! E que sabedoria aos de Deus!

Sandro de Andrade, o leitor com quem tive esta agradável conversa, acabou caindo aqui neste blog fazendo uma busca na Internet sobre esta grande santa. Eis um trecho de nossa agradável papo:
"Há dois anos minha esposa estava numa gravidez de risco e durante uma situação complicada entre dores e desespero ela ouvia uma voz dizendo 'Santa Baquira...'.

Pesquisamos mas não encontramos nada sobre a suposta santa. Mesmo assim, em nossas orações, pedimos a intercessão de todos os santos e, no final, tudo deu certo!

Hoje ouvimos ouvimos o nome correto na rádio: Santa Josefina Bakhita. Entramos na internet para pesquisar e, entre outros, encontramos seu site. Eu já tinha vista essa imagem inumeras vezes, mas nem imaginava que era ela."
A Graça de Deus sempre acha um caminho! Santa Josefina Bakhita já intercedia por este casal e por seu bebê antes mesmos que eles a conhecessem. O bebê, aliás, nasceu muito bem, apesar da gravidez da esposa de Sandro ser de alto risco por motivos vários, e hoje é o mais peralta da casa. Palavra do próprio Sandro!

E posso também dizer que foi Santa Bakhita que intercedeu para que Sandro viesse parar aqui neste blog, pois foi muito satisfatório saber que ele é músico católico e que lançou um novo CD! E aproveito aqui para divulgar ao menos um pouco o trabalho de Sandro de Andrade, que pode ser visto clicando-se aqui.


Ao Sandro, à sua esposa e aos seus filhos um carinhoso abraço fraterno! Seu testemunho aqueceu-me o coração! E como não se sentir assim quando um testemunho tão bonito nos é dado, quando as Graças de Deus são apresentadas?

Salve Santa Josefina Bakhita!